Blefaroplastia

O que é blefaroplastia?
A blefaroplastia promove a melhora do excesso de pele e bolsas de gordura nas pálpebras. É indicada quando existem queixas estéticas, sensação de peso nas pálpebras ou alteração na visão provocada pela diminuição de campo visual. Não há idade ideal para que seja realizada, deve-se avaliar a presença de alterações que mereçam ser corrigidas.
Qual o tempo de recuperação?
Varia conforme cada paciente. Nas duas primeiras semanas, principalmente, as pálpebras ficam inchadas e com hematoma, o que vai melhorando progressivamente. Em torno de sete dias são retirados os pontos. Cuidados em relação à exposição solar devem ser tomados para evitar pigmentação durante a cicatrização, sobretudo nos primeiros seis meses de pós-operatório.
Ficam cicatrizes visíveis?
O processo cicatricial é variável conforme a pessoa. Entretanto, a pálpebra é a pele mais fina do corpo, sendo as cicatrizes geralmente muito discretas ou imperceptíveis. Além disso, ficam no sulco da pálpebra, área que é pouco visível.
Há necessidade de internação?
O procedimento não requer internação. Após a cirurgia o paciente fica sob monitorização por algumas horas, sendo após liberado para casa.
Qual o tipo de anestesia?
O procedimento habitualmente é realizado sob anestesia local, sendo muito bem tolerado. Pode ser feita também sob sedação.
Dor após a cirurgia?
Geralmente não há dor no pós-operatório. Desconforto leve é esperado, melhorando com uso de analgésicos.
Os olhos ficam ocluídos após a cirurgia?
Não, são realizadas compressas frias sobre as pálpebras nos primeiros dois dias do procedimento para diminuir o inchaço e hematoma. A troca das compressas é feita pelo próprio paciente ou familiar.